H O M E
S T A F F
C R E D I T O S

Tantas pessoas a agradecer que passaria o ano falando o nome de todas.Primeiro ao pessoa do Soucer Code, especialmente a Pyrite Wolf (pela caixa de news), a Fanatica_77 (por toda skin) e ao Poximaker, (pela pagina html).Também agradeço a diversos sites que arranjei as imagens, mas são tantos que não poderia colocar seus links. Aos staffer's que vem cada dia melhorando o RPG. E a você, jogador, que nos ajuda a cada dia crescer.


Nosso Banner
Rebirth Of Heroes

Ala Hospitalar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ala Hospitalar

Mensagem por Alice Fawley em Ter Jan 26, 2016 3:41 pm





Image and video hosting by TinyPic



A ala hospitalar é um local grande e arejado, com vários leitos para os enfermos, e é lá onde são tratados todos os alunos que acabam se ferindo na rotina diaria de hogwarts. Os leitos ficam enfileirados nas paredes e há uma porta com uma sala adjacente que leva para o escritório da enfermeira. Apesar de ser capaz de curar os alunos, infelizmente a enfermeira não pode, ou não quer, fazer as poções terem um gosto melhor.
avatar
Alice Fawley
Monitor: Grifinória
Monitor: Grifinória


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Thomas J. Sanders em Qui Fev 25, 2016 9:05 pm



Depressão
Ala Hospitalar



Eu lembro de ver Melanie e ficar com medo, antes que minha visão de apagasse por completa. Achei que eu ia morrer mas, no segundo seguinte, pela dor que comecei a sentir, eu sabia que não. A dor não nos seguia para a morte. Me senti assustado comigo mesmo quando percebi que isso me deixou decepcionado, como se em algum lugar em mim em estivesse torcendo para morrer.
A morte seria milhões de vezes melhor do que viver. Esse pensamento era assustador, assustador, para mim, verdadeiro.
Mas eu sentia a dor e, sabia que ainda estava vivo. Senti que podia me mover, um pouco, mas estava tonto. Ouvi uma voz e gemi. Era meu nome que estavam dizendo? Meus olhos tremeram e eu tentei abri-los, para ver o que estava acontecendo, mas gemi, com a dor que o brilho causou. Ouvi uma voz feminina e mais antiga me pedindo para tomar cuidado. A luz pareceu diminuir, percebi, pelas pálpebras fechadas. Abri os olhos, hesitante, meu coração quase parando quando vi onde estava, e quem estava lá.


_________________


Thomas Jack Sanders

Corvinal :: Gêmeo Fraterno :: Animago


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Carter K. Campbell em Sab Fev 27, 2016 7:16 pm

Toms...

Em Hogwarts...

Tédio, tédio, tédio e mais tédio naquele dia horrível na escola louca. Melanie... Aquela idiota tinha me deixado lá para morrer, com um pouco de sorte quem iria morrer era ela. Abri um sorriso um pouco maníaco e andei pelos corredores. Alguns alunos passaram andando por mim, conversando algo sobre qual é o melhor feitiço para se usar quando está sem roupas. Gente indecente, hein. Olhei para os lados, para as escadas, para outro, alguns quadros. Andei mais um pouco pelo castelo. Saí, entrei, saí de novo para olhar o céu, depois voltei e vi a pior coisa da minha vida.

Melanie estava no corredor com um monitor. Eles estavam se pegando, ele beijando o pescoço dela enquanto ela o puxava pela nuca. Não, pera, isso era o sonho que eu tive para tirar pontos da casa dela... A verdade era que Melanie estava toda coberta de sangue e lágrimas numa mistura horrível com aquelas roupas dela. Mas eu tinha chegado um pouco antes de ver alguma coisa passar em alta velocidade, Pirraça? Foda-se, eu estava preocupado com minha irmã. Não acredito que disse isso, ótimo, coisa horrível. Mas sim, eu estava preocupado com aquele trapo de gente que as pessoas chamavam de Melanie.

O sangue não parecia dela... Eu já havia visto. A cortei umas vezes quando era criança, era mais claro, eu sempre achei que era por que ela não botava a cara no sol. De qualquer modo corri até ela. Ela soluçava, uma vez ou outra dizendo algum nome... Tommy. Tommy... Hum, quem tinha esse nome? Tommy de Thomas? Thomas... Ela tinha um amigo, Thomas Sanders, acho. Eu já o havia conhecido. Tímido, quieto, estudioso, o meu contrário. Melanie me chamava de uns apelidos bem criativos quando eu cortava o cabelo dela e eles quase sempre tinham a ver com essas minhas lindas características marcantes “EU QUERIA QUE O TOMMY FOSSE MEU IRMÃO E NÃO VOCÊ, SEU IDIOTA ASPIRANTE A PROSTITUTA!”.

Mas voltando. Ela andou até a ala hospitalar, entramos, ela conseguiu se acalmar. Ela era bem doida, paranoica em minha opinião, mas ela estava realmente alterada. Ela ficou algum tempo olhando para ele, depois saiu. Pediu para ficar de olho nele, o garotinho depressivo. Bem, ele era legal quando não estava com a cara nos livros ou preocupado demais com sua aparência. Fiquei algum tempo olhando para ele, estava certo de que não iria ficar muito tempo lá. Mas então a “moça bondosa e legal” chegou, então percebi que o garoto estava acordando, seus olhos azuis...



Indo visitar o amigou

_________________


Carter Kane Campbell

Campbell :: Lindo :: Irmão da Melanie :: Apaixonado por tudo


avatar
Carter K. Campbell
Grifinória
Grifinória


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Thomas J. Sanders em Dom Fev 28, 2016 12:54 pm



Depressão
Ala Hospitalar



Corei muito, muito mesmo, quando vi quem estava me observando. Era Carter Campbell... O irmão de Mel. Pisquei então empaleci, olhando para baixo, nervosamente. O quanto eles sabiam do que tinha acontecido? Eu odiava a ala hospitalar, me sentia um pouco chateado por Melanie ter levado-me lá. Era conhecido por absolutamente evitar o lugar.
Isso porque se alguém me lançasse um feitiço diagnostico, algo ruim poderia acontecer... Eles poderiam descobrir... Observei meu antebraço, como as marcar da tesoura do dia anterior tinham desaparecido. Minha cabeça rodou um pouco do nervosismo e pânico do que iria acontecer pela minha irresponsabilidade. Como eu pude ir tão longe? Como eu pude deixar o lugar parecendo uma cena de assassinato... Onde eu era meu proprio assassino? Haviam formas mais rápidas de morrer, se era isso que eu realmente queria!
Foi um mau pensamento, porque mentalmente eu consegui ver várias formas diferentes de me matar. Tomar várias poções de cura diferentes ao mesmo tempo, ir para a floresta proibida, pular da torre da corvinal(esse me deixava um pouco doente, porque eu sabia que nenhum dos meus colegas de quarto se importaria de me parar), veneno, um Avada Kedavra na cabeça...
Minha respiração travou em minha garganta como eu me obriguei a parar de pensar nisso e tomar atenção para o rapaz a minha frente. Mastiguei os lábios fortemente tomando coragem. - O que? - Perguntei, meu tom era falsamente inocente.


_________________


Thomas Jack Sanders

Corvinal :: Gêmeo Fraterno :: Animago


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Carter K. Campbell em Qua Mar 02, 2016 9:35 pm

Tomy...
Thomas era... Branco, magro e tinha incríveis olhos azuis. Era lindinho, mas muito tímido. Resolvi que seu apelido seria Tomy, inventava apelidos para todos. Olhei para o garotinho e sorri como sempre fazia. Sorrir para mim era como falar, eu nunca parava de sorrir ou de falar, falava demais, as pessoas reclamavam, mas e daí?

Continuei o encarando, ele fechava e abria os olhos, corava e do nada voltava a ficar pálido. Esse garoto era indeciso... Ou a mente dele era uma confusão. Eu não sabia direito, mas que eu tinha curiosidade eu tinha. Ele perguntou alguma coisa “O que?” Como assim deuses? Pelo o que eu havia ouvido ele tinha pegado a tesoura e... Odeio pensar nisso.

Olhei novamente para Tomy, sorrindo. – Hum... Acho que você sabe... Hum... Algo com tesouras. – Sussurrei, olhando para os lados. A moça-bondosa já tinha ido cuidar de outros, graças. – Ei, carinha... Meu nome é Carter, você já me conhece? – Perguntei, eu realmente não sabia, Melanie já havia falado de mim para seus amigos ou não? Bah, ela não falava nem de nossa prima.

A mente dele parecia ir e voltar, pensando em várias coisas ao mesmo tempo. Olhei para seus lábios e depois para seu rosto. Isso era estranho, mas ignorei. Seu rosto voltou a corar, Melanie dizia que Tomy era um campeão em corar, mas eu não acreditava nisso até conhecer ele pessoalmente. E agora ele estava ali, depois de tentar se matar, eu acho que já ouvi falar dessas tentativas antes, não sabia direito.


Indo visitar o amigou


_________________


Carter Kane Campbell

Campbell :: Lindo :: Irmão da Melanie :: Apaixonado por tudo


avatar
Carter K. Campbell
Grifinória
Grifinória


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Thomas J. Sanders em Qua Mar 02, 2016 9:51 pm



Depressão
Ala Hospitalar



Ele parecia me analisar por alguns momentos e me respondeu, falando algo sobre tesouras e isso me fez corar, olhando para baixo. Sempre isso. Ele sabia que eu era louco. Ele perguntou se eu sabia quem ele era e eu assenti, cauteloso. - E-eu s-sei... O i-irmão da M-Mel. - gaguejei, avermelhado. Sim, Mel já tinha falado dele. E eu já o tinha visto, nas aulas. Mordi o lábio, hesitante, antes de reunir coragem. - O-o que disseram sobre... sobre eu estar aqui? - Os professores sempre encobriam minhas tentativas de suicidio com alguma história de que me machuquei, como cair da escada ou algo do genero. Eles tinham entrado com um movimento para me enviar ao psicologo, mas pai tinha quebrado isso antes que saisse do papel.

_________________


Thomas Jack Sanders

Corvinal :: Gêmeo Fraterno :: Animago


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Carter K. Campbell em Qui Mar 03, 2016 9:11 pm

Toms...
Tomy gaguejava, já era de se esperar, todo tímido e fofinho. Melanie nunca tinha falado disso, mas não tinha importância, eu conseguia entender ele. Ele sabia quem eu era, “o irmão da Mel”. Então logo em seguida ele perguntou sobre o que falaram, comecei a pensar que aquilo já havia acontecido antes, mas sempre diziam que eram acidentes, menos Melanie. Ela uma vez estava chorando e me contou que o amigo dela tinha tentado se matar. Bem, eu não fiquei tão preocupado na época...

Olhei para ele, tentando demonstrar confiança. – Para quem? Acho que se for para os alunos... Bem, acho que falaram que você escorregou e bateu em alguma coisa pontuda com o braço... Não sei. Mas já para mim, bem, me contaram a verdade, eu... Insisti. – Não queria ter falado aquilo, acho que eu pareci um maníaco estuprador ou algo assim. Ele assentiu, corando. – Você está bem? – Perguntei, começando a ficar preocupado, ele estava ficando pálido outra vez, mas voltou a corar.
Indo visitar o amigou

_________________


Carter Kane Campbell

Campbell :: Lindo :: Irmão da Melanie :: Apaixonado por tudo


avatar
Carter K. Campbell
Grifinória
Grifinória


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Thomas J. Sanders em Qui Mar 03, 2016 9:23 pm



Depressão
Ala Hospitalar



A desculpa era absolutamente estupida, mas a maioria das pessoas não tinha logica para perceber isso. Eu devia estar parecendo mal, porque Carter pareceu preocupado. - E-estou. - murmurei, quando ele perguntou se eu estava bem. Corei. Era... Bom sentir outra pessoa se importando com como eu estava, além da Mel. Inclinei a cabeça e tentei sorrir um pouco, envergonhado. - Errrr... - Murmurei, tentando puxar algum assunto, porque o silencio estava ficando desconfortavel. - P-prazer... É-é a primeira vez que... que conversamos.

_________________


Thomas Jack Sanders

Corvinal :: Gêmeo Fraterno :: Animago


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Carter K. Campbell em Qui Mar 03, 2016 9:56 pm

Tomy...
Ele estava bem, isso era... Ótimo. Forcei-me a sorrir, sempre fazia isso quando estava triste, preocupado, assustado e obviamente quando estava feliz. Eu pensei no garoto, ele deveria ser bem triste, pois todo mundo o achava estranho... Eu fiquei sabendo que Snape batia nele e isso me dava raiva, mas saber que os garotos da Grifinória faziam brincadeiras maldosas com ele me alegrava. Olhei novamente para seu rosto, ele estava corando. – Prazer, é mesmo... Bem, depois disso... – Reuni coragem o suficiente – Algum dia desses... Sair? – Consegui o convidar, agora eu sentia meu próprio rosto corando, quando então a moça bondosa entrou e interrompeu. Disse que Tomy poderia sair, eu não segurei o riso e impulsivamente o abracei. No mesmo momento eu voltei para meu lugar e corei de imediato. – Oh, desculpe, Tomy. – Senti lágrimas vindas junto com o esquentar do rosto. – Hum, acho que deve ir. – Sorri.
Indo visitar o amigou


_________________


Carter Kane Campbell

Campbell :: Lindo :: Irmão da Melanie :: Apaixonado por tudo


avatar
Carter K. Campbell
Grifinória
Grifinória


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Thomas J. Sanders em Qui Mar 03, 2016 10:38 pm



Depressão
Ala Hospitalar



Corei quando ele perguntou se eu queria sair um dia desses e assenti timidamente. Mas antes que eu pudesse verbalizar o acordo, a enfermeira entrou e disse que eu poderia sair. Corei com a ironia da situação e mordi os lábios, tímido. Carter pareceu feliz, porque riu e me abraçou(de uma forma não dolorosa), e eu senti meu rosto se avermelhar como um tomate. Ele me soltou algum tempo depois, corando um pouco a si mesmo. Pediu desculpas. - T-tudo b-bem. - Gaguejei. Tinha sido a melhor sensação que eu tinha tido em tempos. Carter era fofo de abraçar. Corei com esse pensamento. Ele parecia quase chorar então eu pisquei, confuso. Disse que eu provavelmente tinha que ir. Assenti, tímido. - S-sim... - Concordei. Me levantei sentindo o corpo dormente e dolorido, antes de descer da cama. Corado, disse um tchau rápido para Carter, corei e fugi, com passos trêmulos e afobado.
Por que meu coração estava batendo tão rápido perto de Carter?

_________________


Thomas Jack Sanders

Corvinal :: Gêmeo Fraterno :: Animago


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ala Hospitalar

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum